Qual a função da auditoria independente?

Assim, a função da auditoria externa (também conhecida como independente) é examinar e atestar a integridade e veracidade das contas de uma companhia. Cabe ressaltar que o auditor externo não tem nenhum vínculo com a empresa auditada.

Que fato foi marcante para evolução da auditoria no mundo?

O ápice para o crescimento da auditoria foi revolução industrial, que trouxe problemas de grande complexidade mudando a função do auditor que era de buscar erros e demonstrar a exatidão das demonstrações passando para uma forma em que se pudesse mostrar através de parecer à fidedignidade das demonstrações financeiras.

Quando teve início a atividade de auditoria independente no Brasil?

Em termos operacionais, a primeira empresa de Auditoria Independente a se estabelecer no Brasil foi a DeloitteToucheTohmatsu, que instalou seu primeiro escritório no Rio de Janeiro, em 1911, e o segundo em Recife, em 1917.

Quando a auditoria foi regulamentada?

No Brasil, o primeiro fato relevante representativo do processo de regulamentação da atividade de auditoria foi a edição da Lei nº 4.728, de 14.7.1965, determinando que os mercados financeiro e de capitais seriam disciplinados pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e fiscalizados pelo Banco Central do Brasil (BCB).

Qual é a principal função do auditor independente de um fundo de investimento?

A auditoria independente é um serviço profissional contratado pelos fundos de investimento para a emissão de um relatório (parecer) sobre as demonstrações contábeis. A contratação do auditor externo pelas empresas pode ocorrer via pessoa física (auditor individual) ou pessoa jurídica (firma de auditoria).

São características do auditor independente?

ü Independência - não participar de atos sociais junto ao cliente, manter uma relação discreta, para que os trabalhos de auditoria não sejam prejudicados. ü Integridade – preservar seus valores em relação às pressões. ü Confidencialidade – conservar em segredo as informações e não utilizá-las em benefício próprio.

Como é que surgiu a auditoria externa?

A auditoria externa ou auditoria independente, como também é conhecida, surgiu como parte da evolução do sistema capitalista. Diante do crescimento das empresas, que no início pertenciam a grupos familiares, ocorreu a necessidade de ampliar as instalações fabris e administrativas.

Como a auditoria chegou no Brasil?

A auditoria chegou no Brasil por volta da década de 1940, pois com as companhias multinacionais que aqui começaram a se instalar, os investidores tinham de receber garantias de que seus investimentos estavam sendo verificados pelos seus auditores.

Como podemos definir o que é um auditor?

Auditoria é a análise de todas as atividades desenvolvidas por uma empresa de pequeno, médio ou grande porte, que tem como objetivo verificar se as ações dessas organizações estão conforme planejadas por elas, ou se estão de acordo com as normas estabelecidas pelo Governo por Lei.

Como surgiu a auditoria independente?

A auditoria externa ou independente surgiu com a evolução do sistema capitalista. O desenvolvimento técnico do profissional de auditoria é realizar ações que procedem a erros corridos nos fatos lançados na empresa, identificando resultados que sejam significativos que possam prejudicar o futuro da empresa.

Quando surgiu a auditoria de enfermagem?

Em 1918 George Gray Ward, médico de Women's - Hospital na cidade de Nova York, fez a primeira experiência em auditoria médica para avaliar, através dos registros de assistência médica, a prática da medicina. Um dos primeiros trabalhos sobre auditoria em enfermagem foi publicado no Hospital Progress em 1955.

Qual é o objetivo da auditoria contábil?

OBJETIVOS DA AUDITORIA CONTÁBIL A auditoria tem por objetivo averiguar a exatidão dos registros contábeis e das demonstrações contábeis no que se refere aos eventos que alteram o patrimônio e a representação desse patrimônio.

Quais as normas da auditoria?

Quais as principais normas de auditoria? NBC T 11 – Norma de Auditoria Independente das Demonstrações Contábeis; NPA 14 – norma que estabelece os padrões técnicos a serem adotados pelo auditor independente; NPA 04 – Revisão Limitada de Demonstrações Contábeis.

Em quais circunstâncias é emitido um parecer com ressalva?

O parecer com ressalva é emitido quando o auditor conclui que o efeito de qualquer discordância ou restrição na extensão de um trabalho não é de tal magnitude que requeira parecer adverso ou abstenção de opinião.

Imperdível também, confira...

Assine nossa newsletter

Receba as melhores postagens, dicas e ofertas por email