O que precisa para ser um corretor de empréstimos?

Qualquer pessoa pode se tornar um corretor de empréstimos, pois não existe um sindicato ou uma associação da categoria que dita normas e regras para quem deseja ingressar na profissão. Obviamente, é necessário que a pessoa interessada, seja no mínimo alfabetizada e tenha facilidades com contas.

Qual curso fazer para ser correspondente bancário?

A certificação de FBB 150 e ANEPS são indicadas para correspondentes bancários que desejam comercializar produtos de crédito direto ao consumidor, financiamento de veículos ou crédito consignado, ou seja, empréstimos com garantia real.

Quanto ganha um corretor de empréstimo consignado?

No cargo de VENDEDORA DE CONSIGNADO se inicia ganhando R$ 1.012,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 1.801,00. A média salarial para VENDEDORA DE CONSIGNADO no Brasil é de R$ 1.240,00.

O que é preciso para trabalhar com finanças?

A graduação em um curso relacionado às finanças, economia e administração é o primeiro passo para ter uma base de conhecimento necessária para iniciar a carreira. Quem fizer estágios e/ou trainees em um banco ou corretora de valores terá vantagem frente aos que irão tentar uma posição só depois de formado.

O que é preciso para trabalhar na área financeira?

Quem vai trabalhar em um departamento financeiro precisa ter uma formação em ciências contábeis, administração, engenharia de produção, ou economia, preferencialmente com especialização nas áreas de planejamento tributário, contabilidade de empresas, ou planejamento financeiro para empresas.

Como se tornar um Corban?

Obtenha a certificação profissional para corban O certificado é concedido após a realização do exame técnico em uma instituição reconhecida pelo Banco Central, como Aneps e Febraban, e é exigido para todos que desejam abrir uma empresa de crédito própria, com ou sem vínculo a uma franqueadora.

Qual a comissão de um correspondente bancário?

Em relação à remuneração dos correspondentes bancários, o Conselho Monetário Nacional determinou, em 2013, que os correspondentes que fecham contratos de empréstimo em nome das instituições devem receber comissão de 6% sobre o valor de cada operação de crédito.

Qual é a comissão de um correspondente bancário?

O Bacen determina que a instituição contratante deve remunerar o correspondente bancário de acordo com a gestão das operações. Em 2013, o Conselho Monetário Nacional determinou que os correspondentes bancários devem receber comissão de 6% sobre o valor de cada operação de crédito.

Imperdível também, confira...

Assine nossa newsletter

Receba as melhores postagens, dicas e ofertas por email